Dúvidas

Agente ou a gente


Afinal é Agente ou a gente? Qual é a diferença entre as expressões “agente” e “a gente”? As duas estão corretas? Essa é uma das principais dúvidas gramaticais dos falantes da língua portuguesa!

Muitas pessoas não sabem a diferença entre as duas grafias a as utilizam de forma incorreta. Com a mesma pronúncia, ambas existem no dicionário, mas possuem significados completamente diferentes.

Veja também:

Agente ou a gente: qual a forma correta?

Para explicar os seus respectivos significados e evitar que você cometa erros na hora de utilizar essas palavras, separamos alguns exemplos sobre a utilização das palavras a gente e agente:

A gente

A expressão a gente é uma locução pronominal que representa de forma informal o pronome pessoal reto “nós”, que se refere a um conjunto de pessoas. Ela é formada pelo artigo definido feminino singular “a”, separado do substantivo “gente”. Essa palavra virou de uso comum principalmente na língua falada, devido a sua informalidade.

Apesar de significar o mesmo que o pronome “nós”, vale lembrar que “a gente” deve ser sempre seguido de um verbo no singular. Por exemplo: na hora de substituir “nós fazemos”, deve-se utilizar “a gente faz”. É importante ressaltar que essa forma só deve ser utilizada em situações informais.

Observe abaixo os exemplos de utilização da palavra “a gente” na língua portuguesa:

  • A gente vai ao parque depois do almoço.
  • No fim de semana passado, a gente foi ao cinema.
  • Se eles não forem, a gente vai igual.
  • A gente almoça lá na próxima semana, combinado?
  • Ele sabe que a gente esteve aqui?

Agente ou a gente

Agente

Com origem no latim agens, essa palavra se refere ao indivíduo que age, opera. Ela pode ser um substantivo ou um adjetivo, dependendo da forma com que é empregada.

Normalmente a palavra “agente” é utilizada para apontar um profissional encarregado de promover uma ação, como um administrador de uma agência, um agente penitenciário ou um agente secreto. Por isso, alguns dos sinônimos podem ser procurador, gestor, promotor, agenciador, intermediário ou negociador.

Um ponto interessante dessa palavra é que ela pode ser utilizada para os dois gêneros sem a necessidade de mudar a sua gramática. Além disso, “agente” possui significados dentro da química como sinônimo de princípio ativo, através dos agentes químicos.

Essa palavra também é utilizada dentro da medicina, como por exemplo através da expressão agente etiológico – o organismo causador de uma determinada doença.

Abaixo você pode entender melhor a explicação através de exemplos da utilização da palavra “agente” na língua portuguesa:

  • A agente secreta completou a missão rapidamente.
  • O agente da polícia conseguiu prender o ladrão.
  • O agente causador da doença de chagas é o Trypanosoma cruzi.
  • Ele é algum tipo de agente especial?

Mais em: Sessão ou Seção?

Agente ou a gente – Quando devo utilizar o nós?

Como foi citado anteriormente, a palavra “a gente” não é nada mais do que uma variação do pronome nós. Portanto, isso depende apenas da ocasião na qual a expressão vai ser empregada.

Por exemplo, se você está em uma conversa com amigos em uma rede social, utilizar a gente é completamente normal. Entretanto, se o intuito é enviar um e-mail formal para uma empresa, utilize o pronome nós para mostrar seriedade e profissionalismo.

É importante lembrar que trabalhos acadêmicos também exigem uma linguagem mais formal, como forma de validação da sua pesquisa. Portanto, não se esqueça: devemos utilizar o “nós” quando fazemos o uso da norma culta e desejamos um ambiente mais formal.


Agente ou a gente – Qual a diferença?

Ainda com dúvidas? As duas palavras estão corretas e existem na língua portuguesa, mas os seus significados são bastante diferentes.

Confira o vídeo do canal do YouTube “DICIO” preparou um vídeo curto que pode te ajudar de uma vez por todas a diferença e o uso do (Agente ou a gente) nas frases, confira:


One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *